Manifesto do Movimento Guaranismo de Artes


A literatura brasileira contemporânea necessita de mudanças para encontrar a sua nacionalidade. Chega de imitarmos ou nos espelharmos em autores de outras nacionalidades! Chega de acharmos que o Brasil não sabe produzir literatura nos tempos atuais!



É chegada a hora de levantarmos nossas penas, nossas canetas, nossos lápis, nossos cadernos, nossas folhas, nossas diários, nossos computadores,  nossos livros!




Surge no leste um novo dia, um dia de mudanças.



“Autores de toda a nação uniram-vos!” Essa é a frase de ordem. É o momento de crescermos no mundo literário.



Autores de literatura fantástica ou maravilhosa, fabulistas, contistas, novelistas, romancistas, cronistas, poetas, escritores de ficção científica ou horror, outros de aventura, de suspense, de qualquer gênero ou subgênero literário, vamos nos unir e vencer as barreiras!




O mundo precisa conhecer a nossa força e o nosso talento!



Vamos mostrar que nossa cultura tem sim grande riqueza de detalhes literários! Tem sim uma fonte infinita de inspiração, não importando o gênero ou subgênero de cada autor.



Junto vamos definir o padrão de nossa literatura, uma literatura jovem como seus membros. Vamos nos expressar com mais sentimentos, sem muito formalismo ou sem formalismo algum, se assim nos convém. Procuremos ser mais humanos na nossa literatura em vez de sermos mais frios e objetivos. Acabemos com a fama literária e artística tão seguida e que vem de outros países. Sejamos apenas apegados à língua portuguesa e a literatura brasileira. Sejamos apenas influenciados pela tendência, pela temática e não pelo estilo de um autor. Provemos que temos criatividade e originalidade.




Claro que não abandonaremos a literatura clássica, ou a literatura estrangeira; apenas procuremos criar e desenvolver nosso estilo próprio de nos expressar.



O mundo tem vários outros, mas somente aqueles que inovam ou cresceram tanto.




Portanto através deste manifesto deixo estabelecida minha opinião sobre nossa literatura, ressaltando a importância de resgatarmos a nossa identidade, os nossos sentimentos, nossas emoções, a nossa personalidade, a nossa racionalidade em um dom tão belo que é escrever. Também ressalto que devemos nos ajudar mutuamente na medida do possível.




Este manifesto se estende não só apenas a literatura, mas a todas as artes que quiserem criar uma nova ordem artística brasileira.




Alex Silva Dias












1 comentários:

Nossa! Sua pg tá muito legal, muito estilosa, tenho blogs tb, clica lá, acho que temos assuntos em comum:
http://jovembrilhante.blogspot.com
http://edycinemaeseries.blogspot.com

Se gostar, se cadastra como seguidor!

Até breve...
...Edy!

 

Postar um comentário